correspondências

Propusemos trocas de correspondências entre duplas que não se conheciam para pensar outras cosmologias, mundos, cidades, imagens, saberes, histórias, economias e políticas a partir das águas e das matas. Essas correspondências ocorreram em formato de cartas, cartões postais, áudios, vídeos, fotografias, pinturas, mensagens por whatsapp, mapas, artigos e outros, e agora são tornadas públicas nesta plataforma.

emmi & leta

Leta é professora e urbanista, investigadora de processos autogestionários e da relação entre a ocupação das cidades e seus rios. Emmi é escritora finlandesa e escreveu "Memória da Água", sobre ficções geopolíticas envolvendo o acesso às águas. Leta e Emmi trocaram e-mails entre outubro e novembro de 2020, traduzidos por Frederico Ganz.

Leia a correspondência!

Louise é artista, pintora e arquiteta, sobrevoa o mundo pelo google e anda pelas matas. Edézio é geólogo e faz expedições pelo subterrâneo. Eles se corresponderam por e-mails enviados da Região Metropolitana de Belo Horizonte, entre outubro e novembro de 2020.

Leia a correspondência!

louise & edézio

ormy & aline

Aline Franceschini é arquiteta, fazedora de jogos e constrói imaginários de como conviver com as águas no dia a dia da cidade. Ormy é morador do bairro Havaí, piscicultor e cria peixes numa nascente no quintal de sua casa. Eles trocaram whatsapps em outubro de 2020.

Leia a correspondência!

Luciana é professora, jardineira e investiga Jardins Possíveis no ambiente urbano. Miguel trabalha na interface entre geomorfologia e hidrogeografia, se envolvendo nos desdobramentos dos rompimentos de barragem de rejeitos de minério em Minas Gerais. Eles trocaram e-mails entre outubro e novembro de 2020.

Leia a correspondência!

luciana & miguel

ione & nian

Ione é quilombola e agente comunitária, cuidadora de nascente no Quilombo Mangueiras, em Belo Horizonte. Nian é pesquisador, etnógrafo e investiga as relações multiespécies do planeta. Eles se corresponderam por carta e whatsapp entre outubro e novembro de 2020.
Leia a correspondência!

núria & roseli

Núria é arquiteta, mãe e jardineira e vive atualmente entre os cuidados com a infância, a escola e o jardim. Roseli é professora e luta pelas águas de sua vizinhança, na bacia do córrego do Capão em Belo Horizonte. Se corresponderam por whatsapp entre outubro e novembro de 2020.
Leia a correspondência!

gilvan & maurício

Gilvan é militante do MST, mora no assentamento Canudos em Guapó, Goiás. Maurício é arquiteto, professor e investiga a relação entre agricultura familiar, soberania alimentar e pedagogias da terra. Eles trocaram e-mails em novembro de 2020.

Leia a correspondência!

ana & flávia

Flávia é professora e sua pesquisa sobre as águas e sua relação com as pessoas começou em seu contato com famílias lavradoras do Vale do Jequitinhonha. Ana é agricultora, moradora de Ribeirão do Eixo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e luta contra a expropriação da água pela mineração. Elas se corresponderam por whatsapp entre outubro e novembro de 2020.
Leia a correspondência!

mayana & alessandro

Mayana é artista visual e investiga o cosmos e a relação dos humanos com o planeta. Alessandro é geógrafo e estudioso dos rios invísíveis de Belo Horizonte. Mayana e Alessandro trocaram cartas em dezembro de 2020.
Leia a correspondência!

aline &

plantadoras de água

Aline percorreu o longo caminho das águas até receber do Seu Zé Torino, Dona Nelinda e Amara um vídeo, no dia 10 de novembro de 2020, sobre como plantar águas no Norte de Minas Gerais.

Leia a correspondência!

Este projeto foi realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. Projeto nº1243/2017.

fale com o projeto:

corregosvivos@gmail.com